Pastora de igreja tenta atear fogo em umbandista no Rio

Coletivo de Entidades Negras
Posted In: , . By Y.Valentim

Uma pastora da Assembléia de Deus agrediu uma umbandista em Pilares, zona norte do Rio de Janeiro. Nádia Pereira usou um banco de madeira para atacar Cirene Dark, e ainda tentou atear fogo na sua vítima. O motivo do grosseiro atentado seria impedir uma homenagem a uma entidade da umbanda.
O caso foi registrado na 24º DP (Piedade) como cárcere privado, lesão corporal ou tentativa de homicídio, tentativa de incêndio e intolerância religiosa. Cirene será ouvida novamente.
Fonte: JB Online