Brasil passa a ter maioria negra em 2008, diz Ipea



Apesar disso, desigualdade no acesso a bens, serviços e direitos fundamentais continua.
Neste ano, são comemorados os 120 anos da abolição da escravatura.



Levantamento feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) aponta que, em 2008, a população negra será maioria no Brasil. Apesar disso, a desigualdade no acesso a bens, serviços e direitos fundamentais continua. Neste ano, são comemorados os 120 anos da abolição da escravatura.Se a velocidade e a intensidade de implantação de políticas públicas forem mantidas, os pesquisadores acreditam que a igualdade entre brancos e negros só será concretizada daqui a cinco décadas, quando a Lei Áurea completará 170 anos.


* Prefeitura de Rio Branco quer acabar com Rua Lei Áurea
*"Os negros saíram da senzala para morar na favela", diz ministro

Em 1976, os brancos representavam 57,2% da população; os negros e pardos, 40,1% e os amarelos e índios, menos de 3%. Trinta anos depois, o número de brancos caiu para 49,7%. O de negros passou para 49,5%. O de amarelos e índios caiu para menos de 1%. As projeções demográficas indicam que, até o fim de 2008, os negros e pardos serão maioria entre a população.

O estudo foi feito com base em dados primários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), levando em consideração variáveis agregadas para todo o país sobre população, escolaridade e renda, além das faixas etárias.

Fuente: O Globo